Prezados visitantes

Todo o conteúdo deste blog, tais como textos, fotos, vídeos e documentos, é salvo em DVD, razão pela qual estão numeradas as postagens.

sábado, 9 de novembro de 2013

239- NOVAS FOTOS DO COMPLEXO FERROVIÁRIO DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL EM BELO HORIZONTE - MG


Prezados visitantes, saudações!

Seguem, abaixo, as novas fotos do complexo ferroviário da Estrada de Ferro Central do Brasil em Belo Horizonte - MG, todas de minha autoria e acervo, nas minhas andanças pelo local. O complexo ferroviário da Estrada de Ferro Central do Brasil em Belo Horizonte - MG, conta exatamente com 115 anos de história, claro, sendo grandemente modificado ao longo do tempo, mas mantendo, ainda, grandes características e grande originalidade daquela época - 1898 até hoje, 2013, em pelo menos uma pequena parte de suas construções. Por exemplo, a atual estação ferroviária de Belo Horizonte, hoje, fora, entretanto, depósito antigo da Central, em 1912 e há fotos dessa data, em livros, que já o mostra até mesmo em 1908, portanto, bem mais antigo que a estação que hoje abriga o museu de artes e ofícios.



Na atual estação de Belo Horizonte, os passageiros preparam-se para embarcarem no Trem de prefixo P0002 da E. F. Vitória a Minas, com destino à Estação de Pedro Nolasco em Cariacica, Vitória - ES.
















O Trem de passageiros de prefixo P0002 prestes a partir com destino à Vitória - ES.









O novo Carro Restaurante Santa Matilde, com janelas panorâmicas


















Os carros Budd Mafersa, ex-Sorocabana, depois, FEPASA e finalmente Vitória a Minas





A estação ferroviária construída em 1922, que hoje abriga o museu de artes e ofícios

























A parte mais antiga do antigo depósito (desde 1908),que hoje é a atual estação ferroviária






A atual estação ferroviária de Belo Horizonte - MG











Novamente, a parte mais antiga do depósito da Central do Brasil em Belo Horizonte - MG




Outro depósito antigo construído pela E. F. Central do Brasil em Belo Horizonte - MG, até o presente momento, não tenho informações sobre a data de sua construção, sendo, posteriormente utilizado pela RFFSA nos anos 70.


















A famosa e magnífica "CASA DO CONDE" ou simplesmente "CASARÃO", construída em 1898 pelo Conde Antônio de Santa Marinha, um nobre português, cuja família residia no Rio de Janeiro. O conde faleceu pouco tempo depois e o "CASARÃO" passou a fazer parte do acervo histórico da União, sendo tombado pelo Patrimônio Histórico. A partir de 1920, a Estrada de Ferro Central do Brasil conseguiu uma concessão do Governo Federal e o tornou sua sede em Belo Horizonte - MG. De 1973 a 1974, neste curto período de um ano, fora sede da 3ª Divisão Central de Belo Horizonte, sendo que, a partir de 1974, se tornou sede da RFFSA-14ª Divisão Centro Norte. Com a extinção da RFFSA, o "CASARÃO" ficou um bom tempo abandonado, mas finalmente fora restaurado pelo IPHAN - INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL e, tenho que reconhecer, foi um belíssimo trabalho do IPHAN.












TODAS AS FOTOS ACIMA, DE AUTORIA E ACERVO DE HÉLIO DOS SANTOS PESSOA JÚNIOR (AUTOR DO BLOG).





238- PÁGINAS DO PASSADO POÉTICO

Foto de autoria e acervo de Jorge A. Ferreira, enviada por Rubens Ramalho


A antiga Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Central do Brasil, ainda nas cores azul com branco, cores características da Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima - RFFSA, em 2001.



Foto de autor não identificado, enviada por David Santos.

Na foto, um antigo Carro Dormitório da Estrada de Ferro Central do Brasil - EFCB em sua cor original, vermelho óxido, junto com alguns veículos da Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima - Regional Belo Horizonte - RFFSA-SR2. O Dormitório, portanto, é de bitola métrica (1,00 m) obviamente tendo sido construído para integrar a composição do Trem do Sertão e, claro, jamais se esquecendo da parceria ou convênio da Central do Brasil com a Vitória a Minas, ele certamente serviu na composição do Trem Noturno Rio Doce. Mais um dos mistérios da nossa querida e saudosa Central do Brasil.


Foto de acervo histórico da Biblioteca Pública de Governador Valadares - MG, enviada por Rubens Ramalho.


A foto mostra o Trem "Rápido Vitória a Minas" tracionado pela locomotiva diesel B12 de número 522 chegando em Governador Valadares - MG, em 1954, justamente o ano no qual o Rápido foi formado, no ano que entrou para a história da Estrada de Ferro Vitória a Minas com chave de ouro.





Foto enviada por Rubens Ramalho

Na foto, o Carro Lanchonete RC-124???, da E. F. Vitória a Minas





Foto de autoria e acervo de Rubens Ramalho, enviada pelo mesmo para esta postagem



Na foto, os carros de aço carbono do Trem do Sertão RFFSA-SR2. Do primeiro ao último: Carro Restaurante; Carro Poltrona-Leito de origem Centro-Oeste; Carro Dormitório-cabine de origem Central do Brasil; Carro Administração de origem Central do Brasil; Carro Dormitório-cabine de origem Centro-Oeste e por último, Carro Poltrona-Leito de origem Central do Brasil.




Foto enviada por Rubens Ramalho


Na foto, os carros de aço carbono Santa Matilde, da E. F. Vitória a Minas em Cariacica, Vitória - ES.





Foto de acervo e autor não identificado, enviada por Rubens Ramalho para esta postagem


Na foto, a antiga Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Central do Brasil em Belo Horizonte - MG, no ano de 1950, aproximadamente.





Foto de acervo e autor não identificado, enviada por Rubens Ramalho para esta postagem


Na foto, a antiga Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Central do Brasil em Belo Horizonte - MG, no ano de 1946.






Foto de acervo e autor não identificado, enviada por Rubens Ramalho para esta postagem


Na foto, a antiga Estação Ferroviária da Estrada de Ferro Central do Brasil em Belo Horizonte - MG, novamente, em 1950.





Foto de acervo histórico da Biblioteca Municipal de Governador Valadares - MG, enviada por Rubens Ramalho para esta postagem.


Talvez, uma das mais comoventes fotos do antigo Expresso Vitória a Minas, com locomotiva a vapor e carros de madeira, PNT-1, posteriormente, N1, da Estrada de Ferro Vitória a Minas. Na foto, o trem está se aproximando da Estação Ferroviária de Governador Valadares - MG em 1954.






Foto de acervo histórico da Biblioteca Municipal de Governador Valadares - MG, enviada por Rubens Ramalho para esta postagem.



Novamente, o antigo Expresso da E. F. Vitória a Minas, parado na Estação Ferroviária de Governador Valadares - MG (anteriormente, Figueira do Rio Doce). Observem que alguns passageiros estão na plataforma e trabalhadores estão na linha, auxiliando a manobra dos carros. Ao que parece, na foto, à esquerda, um Carro Leito (Dormitório) de madeira da Estrada de Ferro Central do Brasil. Certamente devia ser um dos antiquíssimos Leitos de madeira da Central, anteriores mesmo aos PD-8 e PD-9, também de madeira. Este é um mistério que provavelmente jamais será desvendado, ficando no anonimato para toda a eternidade, perdido na noite dos tempos; como eram as configurações desses antiquíssimos Carros Leito e as suas inscrições nas laterais. Só se sabe que eram DM alguma coisa, ou D-22, ou DM-22, ou DM-52, mais nada, nada, nada! Não existem fotos realmente nítidas desses carros antigos e se existe, sabe Deus onde e com quem, perdidas em algum canto desse país. Uma verdadeira pena mesmo.